Senador Jorge Kajuru (PSB-GO) chama eleitores do DF de débeis mentais

0
16

O senador Jorge Kajuru, representando a população de Goiás, participou recentemente do programa de rádio Rota Atividade para discutir as perspectivas de implantação de um sistema de transporte sobre trilhos no Entorno. No entanto, sua intervenção gerou controvérsias e, entre perguntas sem resposta, o político não conseguiu realmente representar seus eleitores.

Apesar de expressar o desejo de melhorar o transporte público na região, Kajuru falhou em apresentar suas próprias iniciativas concretas ou detalhar os progressos nas tramitações para a construção do VLT, visando aliviar o tráfego para os residentes do Entorno.

Durante sua participação, o político desviou o foco das discussões sobre as tramitações do VLT na região do Entorno e optou por direcionar suas críticas aos eleitores do ex-presidente Jair Bolsonaro. “Esse ouvinte foi muito educado, é diferente de gado (menção aos fãs do ex-presidente Bolsonaro) que nunca tinha trabalho na vida e que hoje é remunerado para xingar os outros”. Ignorando os questionamentos sobre o transporte público, Kajuru enfatizou seu próprio envolvimento no tema e desafiou outros parlamentares a comprovarem seus contatos com figuras políticas influentes, como o presidente Lula e o ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa.

Kajuru criticou a preferência do ministro Rui Costa e outros ministros pelo sistema BRT em detrimento do VLT, considerando-o um transporte mais antigo, propenso à corrupção. Ele afirmou defender veementemente o VLT como uma opção moderna e mais benéfica para a região do Entorno, capaz de beneficiar milhares de pessoas, incluindo trabalhadores e estudantes. Ele enfatizou seu esforço em convencer o presidente Lula a não apoiar o sistema BRT, que, segundo ele, seria motivado por interesses financeiros e propinas.

Jorge Kajuru não poupou críticas a figuras políticas, incluindo a deputada federal Lêda Borges e o senador Wilder Morais. Em relação a Wilder Morais, Kajuru não hesitou em classificá-lo como “outro idiota”, expressando claramente sua desaprovação em relação ao colega senador. Além disso, Kajuru questionou a veracidade das declarações de Leda Borges sobre suas supostas conquistas. “Gente que fica mentindo para vocês dizendo que conseguiu o transporte entre Santa Maria, Luziânia, Brasília e que nunca sequer conversou com o presidente da República, sequer tirou uma fotografia com ele (…). Eu juro, só se for por telepatia, uma tal de Leda Borges que fala que conseguiu milhões”, criticou.

O senador fez declarações polêmicas sobre o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, que foi insultado pelo senador que chegou a dizer que os eleitores que votaram em Ibaneis era débeis mentais.As observações de Kajuru geraram desconforto e levaram o jornalista responsável pela entrevista, Sandro Gianelli, a interrompê-lo. “Não é correto, o senhor está chamando toda a população do Distrito Federal de débeis mentais. Porque ele foi eleito com uma maioria ampla, o primeiro governador da história do Distrito Federal reeleito em primeiro turno, a gente respeita seu trabalho, respeita a sua participação aqui na rádio, mas não dá para ficar aqui ofendendo o governador e ofendendo os outros políticos. Eu vou agradecer a participação do senhor”, disse Gianelli.

Em decorrência da intervenção no programa de rádio, Kajuru foi duramente criticado por um ouvinte, que o acusou de desequilibrado, de não responder às perguntas e de ofender parte dos eleitores do DF. “Eu queria saber muito, queria saber muito do senador Kajuru, cadê aquele cara que foi eleito em 2018? Que falava que ia fazer e acontecer. Depois de eleito, cadê aquele cara? Morreu?”. Outro ouvinte parabenizou o radialista Sandro Gianelli por colocar Kajuru “em seu lugar”, destacando que os brasilienses não são “débeis mentais” como ele insinuou.

Após encerrar a entrevista com o senador Kajuru, o radialista Sandro Gianelli fez uma análise sobre os comentários do político, enfatizando a importância de um debate político respeitoso e focado em soluções concretas para os desafios enfrentados pela população. “O tema do programa de hoje era sobre o transporte público e o senador Kajuru não respondeu nada e ainda ofendeu várias personalidades, inclusive os ouvintes que votaram em Ibaneis. Uma pena esse bate-papo aqui com o senador Kajuru”.

A deputada Leda Borges teve seu direito de resposta garantido no Programa Rota Atividade, apresentou documentos relacionados a sua atuação em defesa de melhorias no transporte do Entorno e desafiou o senador Kajuru a mostar o que ele realmente tem feito pelo transporte da região.

“O eleitorado, morador ou ouvinte do DF merece uma retratação por parte do Senador Kajuru, o Rota Atividade segue com o espaço liberado para essa retratação. Errar ou cometer excessos é normal, todo ser humano está passível disso. Mas a boa educação e humildade nos ensina a reconhecer nossos erros”, disse Gianelli.

Ouça o áudio na integra.

Fonte: https://conectadoaopoder.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui