Saúde alerta para importância do diagnóstico e tratamento da tuberculose

0
15
Secretaria de Saúde de Goiás prepara série de ações para marcar 24 de março, Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose (Fotos: SES-GO)

Com o objetivo de estabelecer o efetivo controle da tuberculose no estado, o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), desenvolve uma série de iniciativas contínuas junto às 18 Regionais de Saúde e aos respectivos municípios com o intuito de prevenir, diagnosticar e tratar os casos da tuberculose.

Embora seja uma doença milenar, de fácil identificação e possível de ser curada com tratamento e medicamentos ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), a tuberculose constitui um desafio para a saúde pública.

Em 24 de março é celebrado o Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose. A data, instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS), visa alertar a população, profissionais de saúde e gestores sobre a necessidade de definição de políticas públicas e adoção de medidas preventivas contra a enfermidade.

A SES recomenda a intensificação da busca de pessoas com sintomas respiratórios e o estabelecimento de parcerias com instituições e entidades civis para o apoio às populações de maior vulnerabilidade social.

Além disso, a secretaria atua na elaboração e divulgação de boletins epidemiológicos com dados e informações sobre o número e a situação dos casos de tuberculose no município.

A secretaria também atua na efetivação de campanhas educativas nos veículos de comunicação locais e em carros de som sobre prevenção, sinais e sintomas, diagnóstico precoce, tratamento adequado, oportuno e gratuito, bem como a cura da doença.

Seminário

O coordenador do Programa Estadual de Controle da Tuberculose e Micobactérias não Tuberculosas da Superintendência de Vigilância em Saúde (Suvisa) da SES, Emílio Alves Miranda, informa que a secretaria vai promover iniciativas com o intuito de celebrar o Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose.

Entre os dias 21 e 26 deste mês, das 18 às 20 horas, será realizado um seminário online sobre tuberculose. O evento vai abordar aspectos de grande relevância e desafiadores, entre os quais diagnóstico, coinfecção tuberculose/HIV e Infecção Latente de Tuberculose.

A SES também fará a atualização em ações de vigilância e controle da tuberculose para agentes comunitários de saúde (ACS) na Região São Patrício II, contemplada no projeto “Respira Goiás”, a ser realizada nos dias 19, 20 e 21 de março de 2024, respectivamente nos municípios de Goianésia, Padre Bernardo e Jaraguá.

Emílio Miranda acrescenta que a SES também está incentivando os municípios a efetivarem as suas próprias ações alusivas ao Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose.

Saúde alerta para importância do diagnóstico e tratamento da tuberculose
Principais sintomas são: tosse persistente, com ou sem presença do catarro, perda acentuada de peso, febre no período da tarde e suor excessivo no período noturno (Fotos: SES-GO)

Número de casos

Os dados da OMS revelam que o Brasil é o primeiro país das Américas em números absolutos de casos de tuberculose, reunindo 33,4% das notificações. Além disso, o Brasil compõe o grupo dos 20 países com maior número de novas notificações da doença no mundo.

Os registros da SES apontam um aumento no número de casos em Goiás. Emílio Alves Miranda destaca que esse aumento de casos acontece devido à retomada das ações após a pandemia de Covid-19, que impactou na redução dos diagnósticos da doença.

Os dados da SES demonstram que nos anos de 2020, 2021, 2022 e 2023 foram registrados, respectivamente, 936, 982, 1087 e 1212 novos casos de tuberculose no Estado.

Em 2024, até fevereiro, foram notificados 90 casos novos. Goiás ainda concentra os menores coeficientes de incidência dentre as demais unidades federadas do país, ficando em 2º lugar depois do Distrito Federal.

Os registros da SES também apontam um aumento de mortes causadas pela tuberculose nos anos de 2020, 2021 e 2022, com tendência de redução em 2023. Foram, respectivamente, 82, 86, 107 e 91 mortes. No ano de 2024 não foi feito o registro de nenhuma morte pela doença.

Registros da Secretaria de Estado da Saúde apontam aumento no número de casos em Goiás (Fotos: SES-GO)

Transmissão e sintomas

A tuberculose é uma doença causada por um bacilo que afeta principalmente os pulmões e que pode se agravar, sem diagnóstico precoce e tratamento adequado, culminando com a morte do paciente.

A transmissão da tuberculose ocorre pelas vias aéreas superiores (ao tossir, espirrar ou falar), por pessoas doentes e que não estão em tratamento.

Os principais sintomas são o surgimento de uma tosse persistente, com ou sem a presença do catarro, perda acentuada de peso, febre no período da tarde e suor excessivo no período noturno.

O SUS disponibiliza para a população a vacina BCG. Esse imunizante não oferece eficácia de 100% na prevenção da tuberculose pulmonar, mas sua aplicação em massa permite a prevenção de formas graves da doença nas crianças.

A aplicação da vacina é indicada para crianças de até 5 anos de idade. Para os adultos, a prevenção é feita por meio do tratamento da infecção latente (situação em que a doença ainda não desenvolveu).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui