Projeto Paladar Internacional reúne chefes latino-americanos e caribenhos no Pátio Brasil

0
18

por acm

O fim de semana foi marcado pela realização da primeira edição do festival Paladar Internacional, que aconteceu no Shopping Pátio Brasil e aproximou a cultura de países latino-americanos e caribenhos ao público da capital federal. O evento contou com aulas-show de pratos típicos, uma feira cultural com estandes dos países participantes, além de networking com personalidades da gastronomia da cidade.

O Paladar Internacional é fruto de uma parceria entre a Fecomércio-DF, o Senac-DF, a Secretaria de Relações Internacionais, o Pátio Brasil Shopping e 11 embaixadas, com apoio do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Brasília (Sindhobar).

Na sexta-feira (8), o público pôde conhecer os pratos típicos de Cuba, Peru, República Dominicana, Barbados e El Salvador. No domingo foi a vez do Chile, Bolívia, Paraguai, Equador, Argentina e México.

O presidente do Sistema Fecomércio-DF, José Aparecido Freire, ressaltou que a parceria é uma ótima oportunidade para difundir a um público diversificado a cultura e a gastronomia desses países, além de aproximá-los ao Sistema Fecomércio, empresários e governo local. “A iniciativa permite um intercâmbio entre o setor produtivo e as representações dos países, fomentando cursos de capacitação de profissionais da gastronomia”.

O diretor regional do Senac-DF, Vitor Corrêa, destacou que a instituição incluiu no portfólio de 2024 os cursos de Cozinha Latino-Americana, com 60 horas, e Cozinha Caribenha, com 40 horas. “Em 18 de março, o Senac-DF iniciará a primeira turma do curso Cozinha Latino-americana e em 22 de abril começam as aulas do curso Cozinha Caribenha. Durante o evento, os interessados poderão fazer matrícula nesses cursos pessoalmente. Teremos um espaço exclusivo para isso” afirma.

A conselheira da embaixada da República Dominicana, Rosanna Polanco, salientou que o evento foi uma forma das pessoas conhecerem a cultura e até mesmo sentirem a familiaridade dos povos latino-americanos. “É uma oportunidade para o nosso país fazer uma ponte cultural e gastronômica, misturando culturas. Além disso, é um momento para as pessoas conhecerem a República Dominicana, que hoje vive praticamente do turismo.”

A estudante de gastronomia Manuela Lira assistiu às aulas e experimentou os pratos típicos dos países. Ela disse que os ensinamentos serão muito importantes para o futuro profissional. “Foi bem legal a iniciativa que nos dá a oportunidade de conhecer a culinária internacional. A comida estava muito gostosa e como eles explicaram a forma de preparo vou até tentar fazer em casa”, ressalta.

Confira mais fotos do evento

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui