Presidente e vice-presidente da CLDF são agraciados com a Ordem do Mérito Judiciário

0
13
Foto: Carlos Gandra/ Agência CLDF

Em solenidade na Sala de Sessões Plenárias do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), na tarde desta sexta-feira (22), o presidente da Câmara Legislativa, deputado Wellington Luiz (MDB), e o vice-presidente da Casa, deputado Ricardo Vale (PT), foram agraciados com a Ordem do Mérito Judiciário. A comenda destina-se a reconhecer personalidades, físicas ou jurídicas, pelos serviços prestados em prol da Justiça do DF e dos antigos territórios, hoje transformados em estados.

A Ordem do Mérito Judiciário constitui-se de medalhas e insígnia. Wellington Luiz recebeu a homenagem no grau Grão-Colar, ao lado de personalidades nacionais e locais, como o presidente do Tribunal de Contas do DF (TCDF), conselheiro Márcio Michel – o ex-deputado distrital Doutor Michel –, e o deputado federal Rafael Prudente (MDB-DF), ex-presidente da Câmara Legislativa.

Por sua vez, Ricardo Vale foi homenageado com a Grã-Cruz, ao lado do conselheiro do TCDF Paulo Tadeu, ex-deputado distrital, entre outros. Com a insígnia, foram agraciados a Associação Pioneiras Sociais, da Rede Sarah, e o Clube do Choro de Brasília.

“Que esta homenagem seja mais um estímulo a todos que venham a atuar em conjunto com o TJDFT. Todos são muito importantes para a prestação de Justiça”, afirmou o presidente da corte, desembargador José Cruz Macedo, único a falar durante o evento. Em breve discurso, ele agradeceu e parabenizou os agraciados pela “inestimável contribuição” à Justiça do Distrito Federal e ao próprio tribunal.

Medalhas e insígnia

O símbolo honorífico ostenta quatro formas semelhantes às das colunas do Palácio da Alvorada em forma de cruz, nas cores branca e vermelha, entre quatro balanças douradas e vazadas, circundadas por espadas de ouro.

No centro da cruz, há a representação da deusa Têmis – personificação da Justiça – segurando com a mão esquerda a balança, simbolizando a aplicação da Lei por meio do equilíbrio entre direito e dever. Há ainda dois círculos concêntricos e, no menor, a inscrição “Mérito Judiciário – TJDFT”.

Agência CLDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui