Natal 2023 superou as expectativas e movimentou cerca de R$ 913 milhões no comércio do DF

0
38

por acm

Última pesquisa do ano realizada pelo Instituto Fecomércio-DF mostrou que o Natal de 2023 superou as expectativas dos lojistas e também as vendas realizadas em 2022. Segundo o levantamento mais recente, 92,40% dos empresários entrevistados disseram ter vendido mais que a última edição da data comemorativa. Apenas 6,3% disseram ter tido vendas iguais, e 1,3% venderam menos que em 2022.

Durante os preparativos para festas de fim de ano, 82,40% achavam que as vendas seriam melhores que no ano anterior. A diferença positiva de 10% entre a expectativa e o que foi efetivamente vendido resultou na movimentação de cerca de R$ 913 milhões no comércio do Distrito Federal, ante os R$ 830 milhões projetados para o período. Já em 2022, o valor total ficou em aproximadamente R$ 702 milhões. Com isso, o índice de crescimento nas vendas de um ano para o outro foi de 25,34%.

Outro dado positivo da pesquisa de pós-vendas foi aumento de 3,8% no ticket médio, que passou de R$ 185 para R$ 192. Já as formas de pagamento ficaram próxima às expectativas dos lojistas, mantendo o cartão de crédito como a principal forma de pagamento (75,8%), seguidos de Débito (21,2%) e Dinheiro (3%).

Segundo o presidente do Sistema Fecomércio-DF, José Aparecido Freire, a última pesquisa do IF confirmou o ciclo positivo de datas comemorativas para o comércio do Distrito Federal. “Todos os levantamentos realizados ao longo do ano mostraram uma boa expectativa dos empresários e, na sequência, um desempenho positivo em relação a 2022, desde a Páscoa, passando pelo Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia dos Pais e Dia das Crianças”, afirmou.

Em sua análise, Aparecido citou ainda os motivos que podem ter levado ao bom desempenho do comércio nas datas comemorativas. “Acreditamos que esse cenário se deva à inflação controlada, aos reajustes salariais concedidos aos setores públicos e privados, ao aumento no nível de emprego na capital, às quedas na taxa Selic, e também ao esforço dos empresários do Distrito Federal. Sem eles, que acreditam e investem cada dia mais no comércio brasiliense, não teríamos esse cenário favorável”, concluiu.

A Pesquisa de pós-vendas do Natal tem como principal objetivo verificar se a expectativa de vendas dos lojistas se concretizou, além de demonstrar o impacto deste consumo sazonal na economia local. Os dados foram coletados entre os dias 26 de dezembro e 11 de janeiro de 2024.

A abordagem aos lojistas, estrategicamente direcionada aos diretores e gerentes das empresas, deu-se de forma telefônica, compreendendo uma amostra de 302 empresas de diferentes segmentos, concentradas em várias regiões do DF.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui