Governo de Goiás promove resgate cultural em Luziânia por meio das Cavalhadas

0
18

Após 20 anos sem realizar o festejo, o município do Entorno do Distrito Federal reacende sua tradição pioneira e abre o Circuito das Cavalhadas 2024, com destaque para mistura de gerações

A Batalha entre Mouros e Cristãos tem dia e hora para começar no Entorno do Distrito Federal. Neste sábado (11), à 16h, no Ginásio Poliesportivo José de Araújo Leite, em Luziânia. o Governo do Estado iniciará a primeira parada do Circuito de Cavalhadas de 2014. Esse é mais um dos atrativos desta região que tem se destacado pelo turismo, melhoria da segurança e pelo avanço socioeconômico, mas que prova, cada vez mais, que quando o assunto é manifestação cultural “No Entorno Tem”.

Na abertura oficial do Circuito, o governador de Goiás Ronaldo Caiado parabenizou a cidade de Luziânia por ser a primeira a promover a encenação, que ocorrerá em 14 municípios até o mês de outubro. “Parabéns a Luziânia que trouxe a Cavalhada pro Estado e depois de 20 anos suspensa retorna com a festa. Que todos vejam como temos apoiado o município, e o quanto, por meio do incentivo uma comunidade pode recuperar as suas tradições.”

“É uma honra para nós do Entorno abrir o Circuito. Luziânia é nossa cidade mãe, a primeira a celebrar essa rica tradição. Após período sem celebrar a festa, com apoio do governo de Goiás, retorna agora. Será uma festa linda!”, pontuou Caroline Fleury, titular da Secretaria do Entorno do Distrito Federal (SEDEF-GO). Ela enfatizou a gratuidade do evento e a oportunidade rica que os moradores de cidades próximas têm de conhecer mais sobre a cultura goiana. “Quem puder ir e prestigiar, vá”.

Tradição atravessa gerações

Wallysson Meirelles, presidente da Associação das Cavalhadas de Luziânia e Rei Mouro, ressaltou e agradeceu o fomento do governo do Estado no resgate da cultura em Luziânia. “É impossível realizar as Cavalhadas só por meio da Associação. Então, o apoio incondicional do nosso governador Ronaldo Caiado eleva o nível do evento e resgata o amor pelas manifestações culturais do estado.”, explica o Rei Mouro.

O atual Rei Mouro é fruto deste incentivo que gera amor. “O mundo das Cavalhadas é o meu mundo desde muito pequeno. Quando houve a última apresentação da celebração em 2006 era um dos Soldado Mouro e meu pai, o Rei Mouro. Hoje, aos 35 anos volto como Rei Mouro, meu pai o Embaixador Mouro e meu filho de 7 anos, Davi, já figura nas ‘Cavalhadinhas’ como soldado mirim.”, explica Meirelles.

Nilson Florentino Meirelles, 61 anos, pai de Wallysson é um exemplo para todos por ser o participante com mais idade. Ele não esconde sua paixão nem expectativa. “Espero que eu participe por pelo menos mais 15 anos. Para ser um cavaleiro tem que ter raça e paixão, isso eu consegui passar para os meus filhos e netos, mas eu sei que em cada luzianiense tem um pouco dessa identidade e que nossa festa ainda será muito maior”.

Secretaria do Entorno do Distrito Federal – Governo de Goiás

Fotos: acervo de família do Wallysson

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui