Governo de Goiás abre mais de seis mil vagas em cursos gratuitos no entorno do DF

0
20

As inscrições permanecem abertas até 18 de junho, podendo ser realizadas no site https://cotec.org.br/cursos/editais ou presencialmente na unidade escolhida do Cotec.

Moradores do Entorno do Distrito Federal podem inscrever-se em uma das mais das 6,8 mil vagas abertas para cursos profissionalizantes gratuitos ofertadas pelo Colégio Tecnológico do Estado de Goiás (Cotec) neste primeiro semestre de 2024. As opções de qualificação e capacitação de curta e média duração visam atender um amplo público, formado por pessoas com 16 anos ou mais e que tenham a partir do ensino fundamental incompleto, em diversas áreas.

Os interessados têm até dia 18 de junho para realizar a inscrição online (no site https://cotec.org.br/cursos/editais ) ou presencialmente na unidade escolhida: Cristalina, Luziânia, Valparaíso, Novo Gama, Planaltina e Formosa. Entre as centenas de opções de cursos oferecidos pelo Cotec estão: salgadeiro, cuidador de idosos, massagista, maquiagem profissional, mídias digitais, auxiliar em gestão da agricultura, enfermagem no atendimento de baixa, média e alta complexidade e projetista de ações em segurança do trabalho.

“Os cursos atendem as demandas de cada município, por isso, ter acesso a essas informações ajudam os profissionais e a sociedade”, comentou a secretária do Entorno do Distrito Federal, Caroline Fleury. “O número expressivo de oportunidades demonstra a preocupação do nosso governador Ronaldo Caiado em melhorar a vida do goiano, capacitar e qualificar a mão de obra para ficar aqui, gerar renda e emprego para o entorno”, completou.

Cotec

Os Cotecs são do Governo de Goiás, administrados por meio da Secretaria da Retomada em convênio com o Centro de Educação Profissional em Tecnologia (CETT) da Universidade Federal de Goiás. As unidades estão presentes em 17 cidades do estado e estão com mais de 30 mil vagas abertas neste primeiro semestre de 2024.

“São cursos de excelente qualidade que transformam vidas através da capacitação. A pessoa ganha uma profissão, consegue um emprego ou muitas vezes empreende na área, trabalhando de casa mesmo e aumentando a renda da família”, destaca o secretário de estado da Retomada, César Moura.

Os cursos de curta duração, com carga horária entre 40 e 80 horas, oferecem conhecimentos em áreas como informática, beleza, administração e culinária. Já os cursos de média duração tem carga horária que varia de 160 a 360 horas e permite aprofundamento em diversos setores da área da saúde. Para estes, as inscrições encerram-se 14 de maio.

Comunicação Setorial – Secretaria do Entorno do DF com informações da Secretaria da Retomada do Governo de Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui