Goiás e DF apresentam demandas de simplificação de comércio de mercadorias de origem animal ao ministério da Agricultura

0
18

Proposta dos Governos de Goiás e DF é criar SIM regional, Mapa irá analisar Acordo de Cooperação

A simplificação do trânsito de mercadoria de origem animal (laticínios, queijos, ovos, e mel, por exemplo) entre as cidades goianas do Entorno do Distrito Federal (DF) e Brasília foi tratada na reunião desta segunda-feira (18), na Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), em Brasília. Participaram representantes da Secretaria do Entorno do DF (SEDF-GO), da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) e da Secretaria da Agricultura do Distrito Federal (Seagri-DF).

A proposta dos governos de Goiás e DF é atualizar o Acordo de Cooperação Técnica, que, entre outras coisas, abrange ações conjuntas de defesa sanitária animal e vegetal entre os dois territórios, gerando uma equivalência nos serviços de inspeção e criando uma certificação regionalizada do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), levando-se em conta as características de circulação de mercadorias na Região Integrada do Entorno do DF.

O presidente da presidente da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), José Ricardo Caixeta, acredita que a região do Entorno com Brasília deve ser tratada de forma integrada, por isso, Goiás e DF querem essa unificação . “A regionalização do SIM neste caso é essencial para o desenvolvimento das atividades do pequeno produtor, além do fomento do mercado de Brasília com produtos de qualidade certificada”, disse. Por isso, frisou ele, “esperamos que o ministério análise a proposta com o alcance social que ela tem”.

“A intenção é simplificar aos produtores o comércio e garantir ao consumidor a qualidade dos produtos, já que, por vezes, apenas uma rua separa os dois territórios. Não tem sentido o produto que é vendido em uma rede atacadista de Goiás não poder ser vendido também em Brasília e vice-versa. A dificuldade de regularização gera a informalidade”, ponderou o representante da SEDF-GO, o chefe de gabinete, Gleiston de Paula.

Daniel Goulart, secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, informou que fará a análise jurídica quanto à atualização do Acordo de Cooperação Técnica entre Goiás e DF.

Comunicação Setorial – Secretaria de Estado do Entorno do Distrito Federal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui