Dayse Amarilio pede punição a professor de cursinho que ensina a estuprar cadáver

0
22
Foto: Carlos Gandra/ Agência CLDF

A deputada Dayse Amarilio (PSB) foi à tribuna da Câmara Legislativa na tarde desta terça-feira (5) para pedir o apoio dos colegas a fim de responsabilizar o ex-policial e professor de cursinho para concursos, Evandro Guedes, por um vídeo em que ele ensina maneiras de estuprar mulheres mortas. No vídeo, que circula nas redes sociais, Evandro Guedes explica em detalhes como cometer o crime e debocha das vítimas e de seus familiares.

“Esse sujeito é um ex-policial e, pasmem, um professor. Além disso, é um influenciador com milhares de seguidores. Pelo jeito como ele fala no vídeo, inclusive desrespeitando as famílias das vítimas, ele deve realmente fazer o que diz. Gostaria de pedir apoio dos colegas deputados para aprovarmos uma moção de repúdio e buscarmos a responsabilização. Esse homem representa a cultura do estupro, do ódio, da desvalorização da mulher. E ainda fala que é uma pessoa cristã e que defende a família”, criticou Dayse Amarilio.

O presidenta da Câmara Legislativa, deputado Wellington Luiz (MDB), garantiu que providências serão tomadas. “É um vagabundo travestido de servidor, tem que ir para a cadeia. Isso é inaceitável. Deixar um bandido desses solto é o que não podemos aceitar. Inclusive acho que a moção de repúdio ainda é uma medida muito amena diante da gravidade deste caso. Enquanto presidente da Câmara Legislativa, vou acionar todas as instâncias da Casa para garantir que haja punição”, afirmou o presidente.

Eder Wen – Agência CLDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui