Coleta de Dados do IPEDF servirá de base para aperfeiçoar oferta de Políticas Públicas no Entorno do DF

0
9

Informações são para a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios Ampliada, utilizada para direcionamento de políticas públicas

O Instituto de Pesquisa e Estatística do Distrito Federal (IPEDF), vinculado ao Governo do DF, solicitou, nesta segunda-feira (29), à secretária do Entorno do DF (SEDF-GO), Caroline Fleury, auxílio para concluir a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios Ampliada (PDAD), que visa a coleta de dados nos municípios goiano da região. O pedido foi feito durante reunião da titular da Pasta com Manoel Clementino Barros, diretor-presidente do IPEDF.

“Não tem como fazer uma análise do DF desassociada da realidade do Entorno. A economia do DF é muito afetada pelo fluxo de pessoas entre as duas localidades, a questão da mobilidade também, tudo é afetado nos dois sentidos. Então, queremos trabalhar em parceria”, frisou Clementino Barros. Caroline Fleury colocou a Pasta à disposição para auxiliar e ressaltou o a importância desses dados atualizados “O planejamento de políticas públicas direcionadas a particularidades de cada cidade depende de informações atualizadas sobre a população local. Isso é essencial para o desenvolvimento das políticas públicas de forma eficiente e eficaz e o resultado irá contribuir muito para que possamos melhorar o trabalho que o Governo de Goiás já vem desenvolvendo na região”, frisou.

A Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios Ampliada está prevista para ser concluída em junho. Porém, o presidente do Instituto relatou os desafios enfrentados pela equipe de campo, incluindo episódios de desconfiança da população, o que tem dificultado o trabalho das esquipes. Contudo, Barros esclareceu que: “todos os pesquisadores estão devidamente uniformizados e identificados com crachás que possuem QR Code para verificação online de sua autenticidade”. A consulta sobre o pesquisador pode ser feita pelo site www.validador.ipe.df.gov.br , no campo “Saiba quem são os pesquisadores que vão até você”.

A secretária do Entorno, Caroline Fleury, sublinhou a importância da colaboração das prefeituras locais para garantir que a comunidade esteja informada e receptiva aos pesquisadores. “A precisão dessa pesquisa é crucial para o direcionamento apropriado de políticas públicas, por isso, é essencial que a população entenda a importância de receber e colaborar com a equipe do IPEDF, conferindo os que estão claramente identificados pelo IPEDF”, ressaltou.

Secretaria de Estado do Entorno do Distrito Federal – Governo de Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui