Chegada da vacina contra a dengue ao DF: Início da imunização para jovens

0
27

Da Redação

Na tarde desta quinta-feira (8), o Distrito Federal recebeu a primeira remessa da tão aguardada vacina contra a dengue. As doses chegaram à Rede de Frio da capital, provenientes de São Paulo, marcando um passo significativo na luta contra essa doença. O processo de imunização está programado para começar nesta sexta-feira (9) e será direcionado aos jovens com idades entre 10 e 14 anos, em 37 pontos de vacinação espalhados pela cidade.

Um total de 71.708 doses foi recebido, correspondendo à quantidade estimada de habitantes dentro dessa faixa etária. O Distrito Federal está entre as primeiras unidades da Federação a receber as vacinas do Ministério da Saúde, juntamente com Bahia e Goiás, destacando o compromisso do governo local em garantir a saúde da população.

A vice-governadora Celina Leão enfatizou a importância da vacinação como parte essencial do combate ao surto de dengue, ressaltando que, apesar de não terem chegado todas as doses previstas, a imunização dos jovens será priorizada. Além da vacinação, medidas preventivas também são fundamentais para conter o avanço da doença.

As vacinas serão disponibilizadas gradualmente, começando com a primeira dose nesta etapa inicial. O esquema de vacinação completo inclui duas aplicações, sendo a segunda prevista para maio. Para receber a vacina, os jovens devem comparecer aos pontos de vacinação acompanhados dos pais ou responsáveis, munidos de documentos de identificação.

A secretária de Saúde, Lucilene Florêncio, destacou que a vacinação contra a dengue é parte de uma estratégia abrangente do governo para combater a doença, complementando outras ações como a gestão de resíduos sólidos e a conscientização da população sobre medidas preventivas.

É importante ressaltar que o Brasil é pioneiro na oferta dessa vacina pelo sistema público de saúde. A Qdenga, produzida pelo laboratório Takeda, foi incorporada ao Sistema Único de Saúde (SUS) em dezembro do ano passado, após avaliação da Comissão Nacional de Incorporações de Tecnologias no SUS (Conitec). Um total de 6 milhões de doses será distribuído em todo o país, visando proteger crianças e adolescentes, que representam o grupo mais vulnerável à dengue.

Com o início da imunização, o Distrito Federal reforça seu compromisso com a saúde pública, oferecendo uma ferramenta adicional na prevenção e controle de doenças transmitidas por mosquitos, e promovendo o bem-estar e a segurança dos jovens da comunidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui