Câmara Legislativa vai ao Guará celebrar os 55 anos da cidade

0
9

Na próxima segunda-feira (13), por iniciativa da deputada Dayse Amarilio (PSB), a CLDF realizará solenidade na Administração da cidade para comemorar o 55º aniversário do Guará

A Região Administrativa do Guará (RA-X) completou 55 anos nesta semana (5). Para homenagear a data e os moradores que ajudaram a construir a história da cidade, a deputada distrital Dayse Amarilio (PSB) realizará uma sessão solene na próxima segunda-feira (13), às 19h, na Administração da cidade. A parlamentar é moradora da região e autointitulada “Guaraense Raiz”.

“O Guará é meu lugar! Aqui finquei raízes, criei laços e é onde me reconheço. Uma cidade pujante, cheia de vida e de histórias, uma região que precisa e merece todo cuidado e atenção. Por isso, como parlamentar do Guará, nada mais justo do que homenagear meu lugar no mundo, homenagear o Guará e nossa gente”, diz Dayse.

Foram convidados para a solenidade o administrador do Guará, Artur Nogueira; o deputado Federal Gilvan Máximo (Republicanos); além de representantes da educação, cultura, esporte e segurança da região. Após a solenidade serão entregues moções de louvor para personalidades locais.

Investimento na região

Moradora do Guará há décadas, Dayse Amarilio chegou na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) disposta a apoiar a cidade e a atender demandas antigas da população. Em pouco mais de um ano, a distrital já investiu em áreas diversas na cidade, como saúde, educação, cultura, infraestrutura, urbanização e segurança. Nesse período, destinou R$ 21 milhões para melhorias no Guará.

“Como deputada distrital, posso fazer mais por minha cidade e tenho feito, como a reforma da biblioteca do Centrão; a construção de um auditório para o Centro Interescolar de Línguas, o Cilg; a luta para retirar o Teatro de Arena da concessão do Cave; o apoio a projetos como o Festival do Guará e Esporte na Melhor Idade; a destinação de recursos para a construção de uma ciclovia que liga as QEs 38 a 52; a destinação de R$ 1,5 milhão para transformar o Guará em “Cidade Luz”, com iluminação de LED; benfeitorias em inúmeras unidades de saúde e ensino da cidade”, listou Dayse.

Segundo a parlamentar, tudo isso é uma forma de devolver ao Guará tudo que a cidade pôde proporcionar para ela e sua família. Acrescenta que quer “continuar a escrever, junto com a comunidade, essa bela história de amor e pertencimento”, conclui.

História do Guará 

Apesar de Brasília ainda ser uma cidade jovem em 1967, o problema da falta de moradias para os funcionários públicos já começava a despontar. Foi então que um grupo de funcionários da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) – comandados pelo presidente da empresa, o engenheiro Rogério de Freitas Cunha – resolveu construir suas próprias casas em regime de mutirão. Para tanto, ocuparam um local próximo ao Córrego Guará, distante 11 quilômetros do Plano Piloto.

No dia 21 de abril de 1969 foi inaugurado o primeiro trecho com 800 casas, chamado de Setor Residencial de Indústria e Abastecimento (SRIA). A primeira quadra concluída foi a QI 05. Mas a inauguração oficial da nova cidade ocorreu apenas em 5 de maio daquele ano.

O nome Guará homenageia o córrego que atravessava a região. A palavra vem do tupi “auará”, que significa “vermelho”. O lobo-guará, muito comum no cerrado e que deu o nome ao rio, é chamado assim em razão da sua cor avermelhada.

Atualmente, o Guará é uma das Regiões Administrativas (RAs) do Distrito Federal com a maior renda per capita. Próximo ao Setor de Indústrias (SIA), transformou-se em uma das áreas mais valorizadas do DF, já que está no eixo entre o núcleo do poder e as outras regiões administrativas.

Famosa pela sua Feira e pelo típico sanduíche “bomba”, a localidade conserva características de cidade do interior e oferece ótimo padrão de serviços públicos. Hoje, o Guará continua se expandindo com novos condomínios verticais.

Serviço: 
Sessão Solene em Homenagem aos 55 anos do Guará
Data: 13/05/2024
Horário: 19h
Local: administração da cidade

Agência CLDF, com informações da assessoria de Dayse Amarilio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui