ANTT aguarda posicionamento do Governo Federal para concretizar acordo sobre transporte no Entorno do Distrito Federal

0
27


Secretaria goiana do Entorno do DF, Secretaria de Mobilidade do DF e Associação dos Municípios Adjacentes a Brasília (Amab) participaram de reunião na ANTT

Nesta terça-feira (16/01) ocorreu reunião entre a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a Secretaria goiana do Entorno do DF (SEDF-GO), Secretaria de Mobilidade do DF (Semob/DF) e Associação dos Municípios Adjacentes à a Brasília (Amab). A comissão dará o suporte técnico ao Grupo de Trabalho que está ocorrendo no âmbito do Ministério dos Transportes .”Tem muito material, muitos dados prontos para que a velocidade de resposta seja rápida. A gente faz todos os esforços necessários”, disse Rafael Vitale, presidente da ANTT, enfatizando que aguarda um alinhamento estratégico entre a União e os governos de Goiás e do Distrito Federal em relação ao transporte no Entorno.

Essa comissão, de caráter mais técnico dentro da ANTT, se reunirá mensalmente, paralelamente à agenda do Grupo de Trabalho do Ministério dos Transportes. “Estamos dedicados a trabalhar em ambas as frentes principais. A ANTT tem demonstrado sensibilidade em relação à nossa situação, mas estamos buscando uma solução prática. Esperamos que essa solução seja originada no Grupo de Trabalho liderado pelo Ministério dos Transportes, que possui o poder de tomar decisões”, disse Caroline Fleury, titular da SEDF-GO

O presidente da ANTT corroborou com essa perspectiva, lembrando que o órgão desempenha o papel de regulador e fiscalizador. “Acredito que essa aproximação com o Ministério dos Transportes facilitará a cooperação do Governo Federal”, acrescentou.

Além dos representantes da ANTT e da SEDF-GO, a reunião contou com a presença do prefeito de Planaltina de Goiás, Cristiomário Medeiros (representando a Amab), do chefe de Gabinete da Semob/DF, Zeno Gonçalves e Márcio Antônio de Jesus , também da Semob, e do superintendente da Secretaria-Geral de Governo de Goiás, Ricardo Ferreira, e de técnicos da ANTT.

Cristiomário Medeiros destacou alguns dos problemas do transporte na região, entre eles o custo social da ausência de uma política tarifária justa. “Nós temos uma situação que é muito comum a todas as cidades da nossa região, que é essa dependência em relação ao Distrito Federal na parte de empregos. Nesse sentido, o custo do transporte acaba impactando diretamente na empregabilidade e gera diversas dificuldades para o nosso povo, no sentido de perder emprego”, alertou o prefeito.

Para a representante da AMAB, Adriana Alves, a população do entorno não aguenta mais os problemas com o transporte da região.”Os municípios querem participar ativamente destas tratativas e nós da AMAB estaremos sempre buscando o melhor para a população”, relatou.

Caroline Fleury adiantou que o Ministério dos Transportes convocou nova reunião para esta semana. “Até o final do mês, planejamos realizar três encontros com o Ministério. Já especificamente com a ANTT, voltaremos a nos reunir em meados de fevereiro”, finalizou a titular da SEDF-GO.

Comunicação Setorial – Secretaria de Estado do Entorno

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui