André do Premium comanda solenidade em tributo a mulheres do agronegócio, nesta segunda-feira, 25

0
16
Crédito: Sérgio Rocha

A Assembleia Legislativa do Estado de Goiás promoveu, na tarde desta segunda-feira, 25, sessão solene para entrega do Certificado do Mérito Legislativo a mulheres do agronegócio. A iniciativa foi do deputado André do Premium (Avante), que comandou a mesa diretiva, realizada no Plenário Iris Rezende.  

Além do propositor da homenagem, a mesa diretiva contou também com as participações do diretor de relações institucionais da Fecomércio, Simeyzon Silveira; a diretora da Associação Brasileira dos Zootecnistas em Goiás, Fabíola Lino; o presidente da Associação Agrovia Castelo Branco, Marco Elísio; a prefeita de Bela Vista de Goiás, Narcia Kelly; a secretária-geral da Comissão do Direito Agrário da OAB-Goiás, Jessica Cunha; embaixadora do Congresso Nacional das Mulheres do Agro, Sônia Aparecida; e o conselheiro tutelar da região Leste de Goiânia, José Roberto.

Ao usar a tribuna, a embaixadora do agro, Sônia Aparecida, destacou a participação das mulheres no agronegócio: “somos protagonistas”. Ela pontuou, ainda, que é preciso reconhecer os produtores rurais como empresários e empreendedores do próprio negócio.

“Nós, produtores, precisamos profissionalizar o nosso trabalho e usar a nossa fazenda como uma empresa. Investimos para ter retorno. Toda empresa faz isso. E por que não o produtor rural trazer esse investimento para a ponta do lápis?”, questionou. Sônia Aparecida destacou, ainda: “Eu gostaria que todos e todas tratassem sua propriedade como empresa”, destacou Sônia.

Protagonista

Ao se pronunciar em nome das homenageadas, a empresária Priscilla Nunes Cunha usou a tribuna e pontuou sobre a consolidação da mulher no agronegócio em Goiás.

“A sociedade evolui com mais rapidez quando a mulher se torna protagonista da sua própria história e da história da humanidade. As mulheres carregam verdadeiramente o oxigênio da determinação pragmática, os valores do zelo, do cuidado, da força e do calor da paixão pelo que querem. Ainda temos muito o que evoluir, mas, hoje, meu coração está cheio de gratidão pela evolução que temos”.

Em pronunciamento, André do Premium destacou a participação feminina no segmento econômico. “É importante destacar a transformação em todos os setores, mas, principalmente, no agronegócio. Dados da ONU indicam que, no Brasil, 27% dos cargos de liderança são ocupados por mulheres. De acordo com o levantamento do IBGE no agronegócio, a relação de liderança é de 17%.  A presença feminina é responsável pela produção de trinta milhões de hectares de alimentos”. Agência Assembleia de Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui